O que é ciclismo de estrada? Regras, provas e a bicicleta

O que é ciclismo de estrada_ Regras, provas e a bicicleta

Em ano de Olimpíadas é sempre bom conhecermos os esportes que fazem parte da maior competição esportiva do planeta.  E hoje vamos falar do ciclismo de estrada, a mais tradicional dentro da modalidade na história.

Essa modalidade do ciclismo é disputada em circuitos abertos, prioritariamente ruas e estradas, que conta com dois estilos de competição, o circuito de estrada e contrarrelógio de estrada, que podem ser disputados de maneira individual ou em equipes.

A prova apareceu no circuito olímpico na primeira edição dos jogos, em Atenas 1896; ficou fora nos três jogos seguintes (Paris em 1900, St. Louis em 1904 e Londres em 1908), voltou nas Olimpíadas de Estocolmo, em 1912, e nunca mais deixou o calendário olímpico.

Para entender melhor o ciclismo de estrada, vamos explicar sobre as provas disputadas, quais são as regras, e o principal, qual tipo de bicicleta é a ideal para você que tem vontade de começar a praticar o ciclismo de estrada.

Provas disputadas

Como dissemos acima, o ciclismo de estrada é dividido em duas provas, o circuito de estrada e o contrarrelógio.

ciclismo de estrada pedalando

Prova de estrada

A prova de estrada é uma corrida de equipe e resistência, onde os atletas largam juntos e cada equipe é responsável pela preparação e execução da sua estratégia para a prova.

Nessa decisão, a principal é a definição de um líder, que vai comandar as ações e ditar o ritmo de toda equipe.

O maior objetivo da equipe é fazer com que o seu líder se canse o mínimo possível durante a prova para chegar à frente, uma vez que as provas são disputadas em circuitos de grandes distâncias, que podem chegar a 280 km de extensão para os homens e 140 km para as mulheres.

As principais e mais conhecidas provas de estrada são voltas, como são chamadas, do Tour da França (“Le Tour de France”), Giro de Itália (“Giro d’Italia”) e Volta da Espanha (“La Vuelta”).

Contrarrelógio

Já a modalidade contrarrelógio é uma corrida de velocidade. Os atletas largam individualmente, a cada 90 segundos, e andam contra o relógio. 

Vence quem fizer o menor tempo. Trajeto de 40 km a 50 km no masculino e 20 km a 30 km no feminino. Para essa disputa, todo trajeto deve ter ao menos 10 km de dimensão.

Porém, existem casos em que parte da disputa pode ser em circuitos, com no mínimo de 3 km de dimensão, que pode sofrer variações em relação ao número de voltas que o ciclista precisa cumprir.

ciclismo de estrada ciclismo de estrada contrarrelógio

Regras

As provas do ciclismo de estrada podem ser disputadas em circuitos, desde que eles tenham no mínimo 10 km de extensão. Se parte da prova passar por um circuito, a regra indica que ele tenha pelo menos 3 km.

Caso a parte do trajeto disputada em circuito tenha de 3 a 5 km, os atletas poderão dar no máximo três voltas. Se for entre 5 e 8 km, o limite passa a ser de cinco voltas. Entre 8 e 10 km, são no máximo oito voltas.

A prova de resistência do ciclismo de estrada nos jogos olímpicos é disputada por todos os atletas e tem duração de mais de cinco horas, no masculino, e quatro, no feminino. O percurso masculino atinge um total de 241,5 km de extensão, enquanto chega a 141 km no feminino.

Já a prova contrarrelógio nos Jogos Olímpicos, mesmo com todos os atletas classificados disputando a prova de resistência, somente são permitidos 65 participantes nessa modalidade, sendo 40 homens e 25 mulheres, que correm contra o relógio.

Os participantes largam sozinhos a cada 90 segundos, justamente para proporcionar que o atleta realize todo percurso específico sozinho, com tráfego livre, sem poder se utilizar do vácuo de outra bicicleta.

As distâncias são de 54,5 km para os homens e 29,8 km para as mulheres, onde vence aquele que realizar todo o percurso em menos tempo.

ciclismo de estrada ciclismo de estrada geral

Tipos de bicicletas

Chegou a hora de mostrarmos as bicicletas necessárias para aqueles que querem se aventurar na modalidade.

Basicamente as bicicletas para as provas de estrada têm que ser leves, resistentes e confortáveis. Por isso que a maioria é feita com quadros de carbono, combinados com outros materiais leves, onde o peso não ultrapassa os 7 kg.

Uma curiosidade é que o guidão é propositalmente baixo, para que o ciclista tenha uma economia de energia, além do fato de gerar uma aerodinâmica mais favorável para o alcance de grandes velocidades. Por conta disso são chamadas de bike speed.

Outro ponto importante é que na hora da compra você preste atenção nos modelos masculinos e femininos das bicicletas, que podem ter algumas diferenças no quadro da bike speed, mais propriamente no desenho, na geometria e no tamanho.

Já nas femininas, o que tem que ser levado em consideração são os quadros speed femininos, que são desenhados pensando na anatomia do corpo feminino, e que causa impacto nos tamanhos disponíveis, menores do que os dos homens.

Além disso, o selim para speed femininos também são diferentes, pois são desenhados especialmente para as mulheres e a conjuntura do seu corpo.

Agora que você conhece todos os detalhes básicos que compõem o ciclismo de estrada, procure a bicicleta ideal, a modalidade que mais gosta e vamos pedalar por aí nas competições. Aproveita e conta pra nós nos comentários se você já se aventurou nessa modalidade esportiva.

Deixe um comentário